A gestão de estoque é crucial para empresas do ramo da saúde. As razões para isso são várias, tais como corte de gastos e desperdícios com materiais ultrapassados, ou mesmo para uma melhor satisfação e bem-estar dos pacientes. A segmentação dos estoques – feita através das curvas de análise ABC ou XYZ, por exemplo – é uma etapa importantíssima para que esse objetivo seja atingido com sucesso. 


Com o uso das curvas XYZ, e ABC classifica-se o inventário levando em consideração diversos critérios, os quais integram mais informações ao planejamento de estoque, auxiliando em sua reposição e gerenciamento. Isso torna a gestão eficiente e sempre de acordo com as necessidades e demandas da organização: sem excesso ou falta de materiais e medicamentos vitais. 


Curva de análise ABC

A curva ABC, juntamente com a XYZ, são os métodos de análise mais utilizados entre as empresas para gerir o estoque. Primeiramente, através da curva ABC o inventário é classificado de acordo com o seu grau de importância. Para isso, um determinado período de tempo (o qual normalmente varia de 6 meses a 1 ano) é considerado; a partir dele verifica-se o consumo desses itens segundo sua quantidade ou valor monetário total. Em decorrência, três categorias são criadas:


  • Curva A: grupo no qual estão inseridos produtos de consumo mais alto. Isso significa que exigem maior atenção e controle por parte do gestor;
  • Curva B: são os bens de consumo médio e que, portanto, não exigem uma vigilância tão cuidadosa;
  • Curva C: produtos pertencentes a esse grupo são de consumo baixo e, logo, apresentam uma importância menor dentro da gestão.


Dessa forma, o inventário da sua empresa começa a ter um melhor controle utilizando alguns dados bastante simples. Esse é, no entanto, o primeiro passo, Vejamos agora a curva XYZ.


Curva de análise XYZ

A curva XYZ classifica o inventário tomando como base o critério de criticidade, ou seja, é colocado em analise o impacto que a falta desses itens no inventário causa nos processos internos. A segmentação, portanto, se dá da seguinte forma:


  • Curva X: definido como grupo ordinário, os itens dessa categoria apresentam baixa criticidade. Sendo assim, sua falta compromete o atendimento de usuários internos e externos, mas não traz graves consequências;
  • Curva Y: denominado de grupo crítico, a classe Y representa os produtos cuja falta causa um transtorno razoável dentro da organização;
  • Curva Z: trata-se do grupo vital, cuja falta traz consequências desastrosas, podendo, por exemplo, interromper as operações da empresa.


Veja abaixo uma ilustração para que você possa entender melhor:





Agora veremos a diante, como configurar o software Prosystem para que ele classifique automaticamente o seu estoque de acordo com a curva ABC XYZ. Acesse o Admin Retaguarda e vá em Produtos > Análises & Processamentos > Curva ABC. Baseado em estudos e em situações na prática, é considerado ideal a seguinte configuração:



Veja abaixo o detalhamento de cada coluna:

  • Proc: indica se o registro será processado ou não;
  • Tipo: informe o tipo de curva: Qtd ou Valor;
  • Curva: informe a descrição da curva que deseja utilizar;
  • (%): indique o percentual que aquela curva representa;
  • Fator: por padrão, sempre será 1;
  • Período: quantidade de dias utilizado para fazer a média;
  • Dias: quantidade de dias utilizado para calculo da curva;
  • Referência: define a data que vai ser utilizada para calculo da curva. No exemplo acima, será calculada com as movimentações de 180 dias antes do dia 03/04/2020;
  • Reprocessar Estoque Mínimo e Máximo: é utilizada para definir a quantidade de estoque mínimo e máximo. Para cálculo da curva ABC ela não deve ser marcada.


Você também pode configurar a Curva ABC de acordo com os critérios que achar necessário. Para incluir um novo registro, basta clicar no botão "Novo". Após definir as configurações, clique em "Calcula" que o sistema dará início ao processamento:



Após aparecer a mensagem de processamento efetuado, o seu estoque já estará classificado. Assim, você poderá emitir relatórios que te mostram quais produtos pertencem à determinadas curvas. Para isso, acesse no Admin Retaguarda: Produtos > Cadastro > Listar. Selecione o relatório: PRODUTOS - Curva ABC, e escolha os parâmetros que deseja. Veja exemplo:



Após escolher os parâmetros, clique em "Listar" e o relatório será exibido na tela, veja exemplo:




Você ainda pode utilizar a curva ABC juntamente com as ferramentas de compras do sistema. Dessa forma, o sistema te fornece automaticamente uma sugestão de pedido de acordo com a curva informada. Clique Aqui e saiba como!



Combinando critérios para uma análise mais sofisticada

Como mencionamos, a curva ABC é bastante utilizada, especialmente em combinação com a curva XYZ. Isso porque limitar-se a apenas um desses critérios gera previsões limitadas que, ao invés de auxiliar na gestão, acabam por dificultar na obtenção de resultados assertivos.


A combinação entre duas ou mais curvas de análise facilita a gestão de estoque e torna seu controle muito mais preciso, pois forma uma quantidade maior de segmentação de materiais. Dessa forma, o plano de aquisição passa a considerar as diversas circunstâncias às quais um negócio está sujeito, especialmente as instituições do setor da saúde, que lidam diretamente com o bem-estar de seus clientes. A falta de diversidade nos critérios trata com simplicidade rotinas complexas e de demandas variadas como se fossem de fácil compreensão e controle, o que não é verdade.


Entretanto, é preciso tomar cuidado para que não se faça uso de uma quantidade excessiva de classificações. Categorias em excesso dificultam a realização de uma análise eficiente, ou seja, o controle pretendido inicialmente é prejudicado e se torna ineficaz.